(61) 3142-0750 / (61) 99975-7509 Suporte comercial@cooperx.com.br

Imagine o seguinte: você está andando por aí, caminhando na rua, ou em frente a empresa em que trabalha, em um bar, praça, hotel, sofá quando algo lhe chama a atenção, um Pen Drive “perdido” no chão.

Não é crime algum afirmar que automaticamente temos a curiosidade em saber o que há dentro dele?  Fotos? Documentos importantes? Dados para localizar dados do proprietário para informá-lo da perda? Só tem uma forma de se descobrir…

É neste momento que hackers estão apostando na “inocência” e “curiosidade” de muitas pessoas para aplicar golpes em suas casas e em suas empresas!

Hackers brasileiros estão se utilizando de uma estratégia descoberta nos EUA e divulgada recentemente pelo FBI no início de 2022 onde criminosos distribuem Pen Drives contaminados por programas ou scripts maliciosos, deixando estes dispositivos em diversos locais próximos de seus alvos como ruas, mesas de restaurantes, halls de empresas, estacionamentos, banheiros ou até mesmo enviando via correios estes dispositivos apostando em alguém, por curiosidade, o conectará em seu PC pessoa ou de sua empresa via USB, abrindo o caminho para o criminoso aplicar golpes.

Este simples ato de conectar um dispositivo USB contaminado pode causar sérios danos e prejuízos ao usuário ou a empresa em que trabalha pois estes Scripts são preparados para fornecer a um criminoso acesso remoto ao seu computador, permitindo o monitoramento de tudo que você digita (incluindo suas senhas e dados bancários). Além de infectar seu computador ou sua empresa com Ransomware para realizar ataques futuros. 

Lendo este artigo você deve ter pensado “Eu Nunca cairia em um golpe destes….

Você pode não ter este impulso mas um estudo feito por uma universidade americana mostrou que muita gente teve uma atitude diferente, no estudo foram “perdidos” no Campus desta universidade durante um período de tempo mais de 300 Pen Drives, e para a surpresa 48% dos dispositivos foram conectados a um computador, a maioria dentro de 10 horas após terem sido “perdidos”.

Analisando do ponto de vista dos criminosos, é um ótimo negócio! Pois a quantidade de dinheiro que pode ser arrecadado com a captura de cartões de crédito que um key logger poderia roubar, ou que um Ransomware pediria de resgate é em dúvida maior que o preço do pen drive.

Fiquem atentos!


Caso você se pegue nessa situação! Você realmente deve deixar o pen drive onde está! Pelo sim ou pelo não é melhor evitar… como diz o velho ditado a “curiosidade matou o gato”.